Foto: Lema da unidade
Foto: Foto da unidade da Polícia Militar de Santa Catarina
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Bem-Te-Vi

PMSC lança curso de segurança e proteção de autoridades


A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) iniciou na manhã desta segunda-feira, 8, o Curso de Segurança e Proteção de Autoridades, em Florianópolis, para capacitar os policiais militares para segurança e proteção de autoridades e elegíveis. 

O curso será coordenado pelas Casas Militares dos Poderes do Estado de Santa Catarina, assessorias da Polícia Militar responsáveis pela segurança de autoridades.

A solenidade de abertura do curso contou com a presença do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marcelo Pontes, o subcomandante-geral da Polícia Militar, coronel Evandro de Andrade Fraga, chefes das Casas Militares da Polícia Militar e o Coordenador de Inteligência e Segurança Institucional do Ministério Público de Santa Catarina, promotor de justiça Márcio Conti Junior.

Para o comandante-geral da corporação, coronel Marcelo Pontes, "a atuação das casas militares na proteção de autoridades terá ganhos significativos com o curso que está iniciando e a parceria entre os Poderes de Estado e a Polícia Militar, por meio das suas Casas Militares, sai fortalecida com policiais bem treinados para desempenhar a missão".

Um dos desafios a ser enfrentado pelos policiais militares será a segurança dos elegíveis na campanha eleitoral de 2022.

O palestrante da aula inaugural, policial federal, Arthur Alvares Penna Neto, destacou o tema "Distinção entre segurança de autoridades e segurança de elegíveis: ensinamentos absorvidos do atentado de Juiz de Fora''. O agente da polícia federal foi chefe de equipe na segurança do então candidato à presidência da República, Jair Messias Bolsonaro de agosto de 2018 a janeiro de 2019.

O curso ocorrerá de agosto a setembro de 2022, em Florianópolis, e contará com a participação de 28 alunos da PMSC, um da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, um da Polícia Militar do Estado de São Paulo, um da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, um da Polícia Rodoviária Federal, um militar do Exército Brasileiro e dois policiais da Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Fotos: Tenente-coronel Aldo Vidal dos Santos Junior e 3º Sgt Natalia Vieira de Andrade Franzen