Foto: Lema da unidade
Foto: Foto da unidade da Polícia Militar de Santa Catarina
Notícias
Cidadão
Unidades
Boletim de Ocorrência
Denúncia
Bem-Te-Vi

PMSC forma 37 alunos no Curso de Formação de Oficiais


A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) realizou na noite desta sexta-feira, 2, a formatura de 37 cadetes do Curso de Formação de Oficiais (CFO), turma José Bonifácio de Andrada e Silva, Patrono da Independência. A cerimônia foi realizada na Academia de Polícia Militar da Trindade (APMT), em Florianópolis.

Após dois anos em formação, os novos aspirantes a oficial saem da APMT com toda experiência técnica e prática para atender a população catarinense. Os formandos colaram grau no Curso de Bacharelado em Ciências Policiais ofertado pela Faculdade da Polícia Militar (Fapom), como parte do curso de formação de oficiais da Polícia Militar, o qual se encontra devidamente autorizado a partir do Decreto Estadual Nº 1852, de 21 de dezembro de 2018 e o parecer nº 135, aprovado em 13 de novembro de 2018, do Conselho Estadual de Educação.

A solenidade contou com a presença da vice-governadora do Estado, Daniela Reinehr, que salientou a representatividade da PMSC em relação às demais policias militares do país. "A responsabilidade que agora se apresenta a vocês, formandos, é no atendimento à sociedade catarinense", concluiu a vice-governadora.

Durante a solenidade, os aspirantes fizeram o juramento e a tomada de compromisso, prometendo se dedicar inteiramente ao serviço policial militar, a manutenção da ordem pública e à segurança da comunidade, mesmo com o risco da própria vida.

No decorrer do curso, com carga horária total de 2.740 horas-aula, distribuídas em aproximadamente dois anos, os alunos receberam instruções para o cumprimento de inúmeras missões no campo da polícia ostensiva e da preservação da ordem pública. Após a formatura, os cadetes são declarados aspirantes a oficial da PMSC, realizando agora um estágio probatório no período de seis meses até serem promovidos ao posto de 2º tenente.

O comandante-geral da PMSC, coronel Marcelo Pontes, afirmou que "o novo ciclo que se inicia representa um divisor nas suas vidas, das suas famílias e da PMSC, que terá no seu corpo de oficiais, policiais preparados para enfrentar as novas missões que virão". O major Cristofer Tiemann, escolhido pelos formandos como paraninfo da turma, parabenizou os concluintes e agradeceu a lembrança de seu nome.

O primeiro colocado da turma com média 9,884, na classificação geral do CFO, aspirante a oficial Moisés dos Santos Soares, foi agraciado com a medalha Alferes Tiradentes e das Espadas, gratificação esta concebida ao primeiro colocado no curso de formação. Além desta, foram realizadas diversas premiações pelo esforço e dedicação daqueles que se destacaram no decorrer do curso, em várias áreas de conhecimento, como Ciências Jurídicas, Ciências Humanas e Sociais, Disciplinas Policiais, dentre outros.

Também participaram da cerimônia, o subcomandante-geral, coronel Evandro de Andrade Fraga, o diretor da APMT, coronel Ricardo Alves da Silva, do comandante da Escola Superior de Formação de Oficiais (ESFO), tenente-coronel Richard Westphal, além de demais autoridades militares, civis e familiares dos formandos.

Durante a solenidade, aconteceu a entrega das medalhas de Mérito Educativo da Polícia Militar de Santa Catarina, conferida com o objetivo de prestigiar militares estaduais e federais, autoridades, civis e instituições que tenham contribuído significativamente ou, de algum modo, prestados relevantes serviços à Educação na PMSC. E, além desta, houve a entrega da Moeda Comemorativa da Escola Superior de Formação de Oficiais (ESFO), que visa homenagear personalidades civis e militares que, no exercício de suas atividades e por sua dedicação e capacidade profissional, colaboraram para o engrandecimento da ESFO.

Nome da turma

José Bonifácio foi responsável por influenciar D. Pedro 1°, sendo considerado o grande arquiteto da independência e uma das figuras mais importantes da história do Brasil.

Foi declarado Patrono da Independência pela Lei 13.615/2018, além de ter seu nome inserido no livro dos Heróis da Pátria, dá nome a medalhas, museu, ruas, município e até a um mineral em reconhecimento a seus estudos no campo da mineralogia.

Nascido em 13 de junho de 1763, em Santos, Bonifácio iniciou seus estudos em São Paulo em 1777. Partiu para Coimbra, Portugal, em 1783, aos vinte anos de idade para cursar direito. Estudou também filosofia natural, matemática, química e mineralogia.

Quando a corte portuguesa veio ao brasil em 1807, José Bonifácio ficou em Portugal para lutar contra os invasores franceses. Ingressou no corpo de voluntário acadêmico, onde alcançou o posto de tenente-coronel. Em 1819 retornou ao brasil, onde recebeu de D. João 6° o título de conselheiro.

As cortes portuguesas, responsáveis pela revolução do porto, em 1822 exigiam que D. Pedro 1° retornasse à Portugal. José Bonifácio articulou um pedido para que o príncipe regente ficasse no Brasil. Assim, em 9 de janeiro de 1822 (dia do fico), D. Pedro 1° decidiu permanecer no Brasil.

Em 18 de janeiro daquele ano, D. Pedro 1° nomeou Bonifácio Ministro do Reino e dos Estrangeiros, o primeiro brasileiro a ocupar o cargo em 322 anos.

Bonifácio tinha a preocupação de manter a unidade territorial de modo a evitar a desintegração do Brasil, sugerindo a Dom Pedro que viajasse pelo interior do Brasil para garantir a unidade da nação.

Com intuito de seguir o plano de Bonifácio de unificar as províncias, D. Pedro 1° viaja à Minas Gerais e São Paulo. No retorno da viagem, às margens do rio Ipiranga, no dia 7 de setembro de 1822, D. Pedro 1° recebe duas cartas, uma de sua esposa, princesa Leopoldina, e outra de José Bonifácio. As cartas incitaram D. Pedro a tomar o gesto decisivo de proclamar a independência do Brasil.

Tendo em vista toda importância histórica de José Bonifácio em torno do processo de Independência do Brasil, no ano em que se comemora os 200 anos de emancipação política de nosso país, a turma de Aspirantes 2022 da PMSC homenageia esse ícone da história brasileira colocando seu nome como nome de turma.

CLIQUE AQUI e veja as imagens!

Texto: Soldado Pedro Francisco da Costa Neto

Fotos: 3º sargento Paulo Henrique Santana